APIFARMA

APIFARMA lança campanha para promover a importância da vacinação

Imunização previne a morte de milhões de pessoas em todo o mundo. Podcast, vídeo e testemunhos de personalidades da área da Saúde explicam o porquê nesta campanha nas redes sociais

APIFARMA

APIFARMA lança campanha para promover a importância da vacinação

Imunização previne a morte de milhões de pessoas em todo o mundo. Podcast, vídeo e testemunhos de personalidades da área da Saúde explicam o porquê nesta campanha nas redes sociais

Na Semana Europeia da Vacinação, que decorre até 30 de abril, a APIFARMA reafirma os benefícios das vacinas, que salvam milhões de vidas anualmente em todo o mundo de uma forma segura, eficaz e menos dispendiosa. E vai divulgar uma campanha com inúmeras personalidades da indústria farmacêutica e da área da saúde que juntam a sua voz num apelo a que os cidadãos se vacinem.

 

Para a promoção deste tão importante mecanismo de saúde pública, a APIFARMA – Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica preparou uma campanha de comunicação, com a divulgação de um vídeo no site e redes sociais da APIFARMA, Linkedin e Instagram, sobre os benefícios da vacinação e que reúne os testemunhos de importantes protagonistas na área da indústria e da saúde.

 

O podcast mensal da APIFARMA, “Pela Sua Saúde”, que estará disponível no site da associação, também será integralmente dedicado à temática das vacinas.

 

As vacinas salvam milhões de vidas anualmente

 A vacinação está entre os maiores avanços da medicina moderna, que salva milhões de vidas anualmente. Previne e controla um número crescente de infeções, cancros e doenças crónicas. A Organização Mundial da Saúde estima que com as vacinas se evitam entre quatro a cinco milhões de mortes por ano. Ainda assim, são pelo menos 1,5 milhões as crianças que continuam a morrer todos os anos por não estarem imunizadas contra a difteria, o tétano ou o sarampo

 

As vacinas estão entre as medidas de prevenção com melhor custo-benefício

 As vacinas também proporcionam poupanças aos Estados de vários milhões de euros em despesas com hospitalização, transporte, tratamentos de saúde e perdas de produtividade, de acordo com a informação disponibilizada pela Vaccines Europe, o grupo especializado em vacinas da Federação Europeia das Associações da Indústria Farmacêutica (EFPIA na sigla em inglês), da qual a APIFARMA faz parte.

Em países de baixo-médio rendimento, a vacinação evitou 295 mil milhões de euros em despesa total estimada com doença para 10 doenças passíveis de serem prevenidas com a toma das vacinas. E poupou 3.4 mil milhões de euros estimados em custos de tratamento, incluindo hospitalização, 295 mil milhões de euros estimados em custos de transporte e 615 milhões de euros estimados em perdas de produtividade do cuidador.

 

A vacinação deve ser praticada ao longo da vida

A prevenção potencia o desenvolvimento de poupanças significativas quando realizada ao longo da vida e em todas as faixas etárias. De acordo com a informação sistematizada pela Federação Europeia das Associações da Indústria Farmacêutica, por cada euro investido na vacinação de adultos (a partir dos 50 anos), gera-se 4€ de receita económica para o Governo durante o restante tempo de vida do indivíduo.

 

Assista ao vídeo aqui:

Associados Apifarma

A APIFARMA tem 116 empresas associadas. Consulte a lista.

Ver listagem de associados

Fale connosco

Tem alguma questão sobre o nosso site, serviços e áreas de intervenção?

Contacte-nos